ter. jun 28th, 2022

Morre Robert Durst, bilionário condenado por matar melhor amiga e confessar em programa de TV

Robert Durst, de 78 anos, foi condenado à prisão perpétua pela morte de Susan Berman, após confessar o crime enquanto falava sozinho e sem perceber que microfone ainda estava ligado durante gravação; ele também foi acusado pela morte de Kathie Durst, sua esposa que desapareceu em 1982.

 

Morreu nesta segunda-feira (10), aos 78 anos, Robert Durst, bilionário do mercado imobiliário dos Estados Unidos, condenado à prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, por matar sua melhor amiga e confessar o crime durante a gravação de um programa de TV.

Durst também foi acusado acusado pela morte de Kathie Durst, sua esposa que desapareceu em 1982.

Kathie tinha 29 anos quando sumiu, em 31 de janeiro de 1982, e seu corpo nunca foi encontrado. Durst se divorciou dela em 1990, alegando abandono, em 2017 ela foi declarada legalmente morta a pedido de sua família.

Berman foi morta com um tiro na nuca em 2000, em sua casa em Beverly Hills, e o bilionário americano sempre negou ser o autor do crime. A suspeita é que ele quis impedi-la de ir à polícia e testemunhar sobre o desaparecimento da sua esposa.

(Visited 587 times, 1 visits today)