seg. ago 15th, 2022

Cagepa volta a abastecer os municípios de Bananeiras, Solânea e Serraria

As águas de março trouxeram boas notícias para algumas das cidades paraibanas que estavam enfrentando o colapso no abastecimento d’água desde o ano passado e agora passam a contar novamente com o fornecimento de água nas torneiras.

Com as primeiras chuvas significativas de 2022, a barragem de Canafístula II, localizada no município de Borborema, no Brejo paraibano, armazenou um volume em torno de 9% de sua capacidade. O volume acumulado na barragem ainda é baixo, segundo a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), mas o suficiente para retomar o abastecimento dos municípios de Bananeiras e Solânea. Já a barragem de Paulo Afonso chegou ao volume necessário para, por pelo menos três ciclos, assegurar o abastecimento da cidade de Serraria.

“Solânea e Bananeiras entraram em colapso no mês de setembro de 2021. Já a cidade de Serraria, em dezembro do mesmo ano”, pontuou o engenheiro Edson Almeida, gerente regional da Cagepa no Brejo, acrescentando que a retomada do abastecimento neste momento acontece em sistema de rodízio.

O presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Neves, destacou que, durante todo período de colapso, a Companhia, por recomendação do governador João Azevêdo, fez parcerias com os municípios afetados, visando amenizar os impactos pela falta de água.

“Entre as ações, a Cagepa fez a doação de reservatórios de 5 mil litros, que foram instalados em pontos estratégicos das cidades e abastecidas com carro-pipa, para distribuir junto aos moradores”, disse Marcus Vinícius, lembrando que a Companhia também atou na perfuração de poços artesianos.

(Visited 201 times, 1 visits today)