4 de dezembro de 2022

Presidente da CMJP, Dinho Dowsley, propõe Voto de Aplauso ao Hospital Napoleão Laureano

Vereador destaca Certificado de Qualidade ISSO 9001 recebido pelo HNL por ser uma referência no tratamento do câncer

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Dinho Dowsley (Avante), apresentou Voto de Aplauso ao Hospital Napoleão Laureano (HNL), na pessoa do diretor-presidente da Fundação, Marcelo Pinheiro de Lucena Filho e todos os profissionais que integram essa unidade hospitalar de saúde, pela conquista do Certificado de Qualidade ISO 9001.

Em sua justificativa, o parlamentar destaca que o Certificado é emitido com base em normas de excelência estabelecidas através de protocolos aplicados na gestão administrativa, otimização de processos e agilidade no atendimento aos pacientes.

“Por esses e outros motivos, parabenizamos pelo reconhecimento da qualidade e compromisso que essa Fundação tem com a cidade de João Pessoa e por todas as pessoas que a procuram para receber atendimento médico especializado”, ressalta o vereador.

Fundação e história do HNL

No dia 24 de fevereiro de 1962, a Fundação Laureano, presidida a época pelo deputado federal Janduhy Carneiro, entregou à Paraíba e aos paraibanos o Hospital que, merecidamente, recebeu o nome do seu idealizador, o inesquecível médico Napoleão Laureano, falecido no dia 31 de maio de 1951.

O então governador José Américo de Almeida, com a visão de futuro, fez, em 1952, a doação do terreno onde se encontra hoje o Hospital Napoleão Laureano (HNL). Mantido pela Fundação Laureano de Combate ao Câncer, a unidade hospitalar vem crescendo a cada ano e se prepara pra o futuro. O médico Antônio Carneiro Arnaud, foi o primeiro diretor do Hospital.

Além de se preparar, cada vez mais, em sua missão de tratar os pacientes com câncer, o HNL vem sendo um excelente centro de ensinamento aos médicos e profissionais da área de saúde da Paraíba e outros estados do País.

Para atender aos paraibanos e demais pacientes que chegam lá, o Hospital Napoleão Laureano se divide entre a rede pública e privada de saúde, sendo 90% das demandas custeadas através do SUS e 10% por meio dos planos de saúde. O Hospital atende por ano uma média de 36 mil pacientes em tratamento de quimioterapia. Nesse mesmo período, realiza atendimento ambulatorial de 120 mil crianças e adultos.

Já a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HNL atende cerca de 160 internações mensais; e, no geral, 520 cirurgias e 450 hospitalizações todo mês.

(Visited 7 times, 1 visits today)