seg. ago 15th, 2022

Governo pagará duas parcelas do auxílio-caminhoneiro em agosto

O Ministério do Trabalho e Previdência confirmou, neste domingo (17), que está se preparando para pagar duas parcelas do auxílio-caminhoneiro nas primeiras duas semanas do mês de agosto. Esse benefício faz parte da Proposta de Emenda a Constituição, apelidada de “Kamikaze”, que foi promulgada pelo Congresso Nacional na última semana.

O auxílio-caminhoneiro, de R$ 1 mil, é apenas um dos benefícios sociais que a PEC vai trazer. O Auxílio-Brasil aumentará para R$ 600, os taxistas receberão um auxílio de R$ 200 e a expectativa é de que o Vale-Gás dobre de preço e chegue a R$ 120. Além disso, terá o repasse de R$ 3,8 bilhões para que possa subsidiar o etanol das passagens gratuitas de idosos no transporte público.

Apesar dos benefícios, a Abrava (Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores) criticou a medida, dando o apelido de “PEC das esmolas”, e ressaltou que não resolverá os problemas dos caminhoneiros.

A expectativa é de que o Governo Federal tenha um aumento das despesas com todos esses benefícios turbinados. A valor estimado é de mais de R$ 41 bilhões nos cofres públicos, o que será contabilizado fora da regra do teto de gastos.

Entretanto, faltando menos de três meses para as eleições, que será em outubro, o presidente não poderia criar novos benefícios sociais, sujeito a receber sanções da Lei Eleitoral. Mas a Câmara dos Deputados conseguiu fazer uma manobra e colocar o país em estado de emergência, o que viabiliza a criação de novos auxílios e a melhora dos existentes.

(Visited 252 times, 9 visits today)