5 de outubro de 2022

Botafogo-PB perde jogo decisivo e não se classifica na Série C

A equipe do Botafogo-PB perdeu para a Aparecidense, neste sábado (13), por 1 a 0 e encerrou sua temporada 2022 na 9ª posição da Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo o Belo iniciando a rodada na 7ª colocação e a três pontos de seus adversários na classificação, a combinação de resultados fez o time paraibano despencar duas posições e perder a chance de acesso à Série B.

O clube de João Pessoa enfrentou a 9ª colocada Aparecidense, que precisava vencer para subir duas posições e se classificar para a próxima fase. Além disso, o Vitória derrotou o quase rebaixado Brasil de Pelotas por 3 a 1, no estádio Barradão, e também ultrapassou o Belo na classificação final.

Diferente da última temporada, quando o Botafogo-PB perdeu o último jogo da segunda fase e por muito pouco não garantiu o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, em 2022 o clube nem sequer alcançou a fase seguinte. Mesmo que tenha permanecido na zona de classificação por 17 rodadas, o Belo encerra o calendário antes do esperado e só joga em 2023.

Para a próxima fase da Série C, os clubes que se classificaram foram Mirassol, Paysandu, Figueirense, Volta Redonda, Botafogo-SP, ABC, Vitória e Aparecidense. Por outro lado, Campinense, Ferroviário e Brasil de Pelotas caíram para a Série D.

1º tempo

Logo aos três minutos de partida, as esperanças dos torcedores do Botafogo-PB já diminuíram bruscamente, graças ao gol de Alex Henrique para a Aparecidense. Na sequência, mesmo com a vantagem no placar, a Aparecidense dominou completamente seu adversário e controlou toda a primeira etapa. O Belo não teve resposta e apenas se segurou para não sofrer outro gol. Certamente, a primeira metade foi uma das piores atuações do clube paraibano no ano.

2º tempo

Diferente da primeira etapa, o Botafogo-PB não só teve respostas ao adversário, como também dominou o período do início ao fim. Com a consciência de que estava caindo para a 9ª posição, o técnico Itamar Schülle colocou seus atletas para atacar a Aparecidense por inteira. Porém, mesmo com a pressão constante, os diversos cruzamentos perigosos para a grande área e finalizações que obrigaram o goleiro Gabriel Félix trabalhar, nada modificou o placar, que terminou em 1 a 0 para os goianos.

(Visited 53 times, 1 visits today)