4 de dezembro de 2022

Secretaria Municipal do Meio Ambiente monta jardim de plantas medicinais e orquidário na Bica

A Coordenadoria de Botânica da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da Prefeitura de João Pessoa, que funciona no Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a Bica, está finalizando a montagem do Jardim de Plantas Medicinais, revitalizando o Orquidário e tratando as palmeiras imperiais. A coordenadoria de Botânica foi instituída em novembro do ano passado, vem realizando diversas ações de cuidado com a flora e em breve deverá promover minicursos e capacitação para o cultivo de ervas medicinais, para moradores dos conjuntos residenciais entregues pela Prefeitura.

O Jardim de Plantas Medicinais tem hoje mudas de capim santo, cidreira, mastruz, boldo, citronela e colônia. O público que visita a Bica poderá ter acesso às ações de educação ambiental, quando os técnicos do Parque vão ministrar os minicursos sobre o uso das plantas medicinais. “Estamos trabalhando para que tenhamos cada vez mais espaços destinados à educação ambiental na Bica. O Jardim de Plantas Medicinais possibilita várias ações, desde o ensino sobre o cultivo, até o uso correto de cada uma das plantas. Desta forma conseguimos incluir as pessoas na relação com o meio ambiente”, concluiu.

A Bica tem atualmente 40 exemplares de palmeiras imperiais, consideradas um patrimônio ambiental da cidade. As plantas receberam, recentemente, um tratamento contra fungos e outros microrganismos. Com base no conhecimento da arboricultura brasileira, os profissionais da Bica utilizaram a técnica da dendrocirurgia, para tratar o tronco das palmeiras. Algumas plantas apresentavam feridas nos troncos e para tratar foi aplicado oxicloreto de cobre. É feito uma espécie de curativo, que fecha a parte atingida da planta, deixando o caule dentro dos padrões estruturais. Esse tratamento é baseado na agricultura orgânica e não deixa resíduos nem poluentes.

O secretário de Meio Ambiente, Welison Silveira, destacou que a Bica é um dos espaços mais frequentados pela população de João Pessoa e Região Metropolitana. “Estamos trabalhando para que a Bica se mantenha como um espaço de bem-estar e educação ambiental. Além do lazer, somos também referência para pesquisadores e ambientalistas. E a coordenadoria de Botânica tem esse objetivo, de estimular a conscientização sobre saúde, bem-estar, contemplação da natureza”, concluiu.

Orquidário – O Orquidário da Bica foi revitalizado. O espaço, que também abriga bromélias da Mata Atlântica, tem aproximadamente 20 espécies, com estrutura aérea e balcões para vasos, além de área para minicursos e palestras.

  • Texto: Jô Vital
    Edição: Katiana Ramos
    Fotografia: Dayse Euzébio, Niaranjan do Ó e Kleide Teixeira

(Visited 4 times, 1 visits today)