4 de dezembro de 2022

Daniella critica Pedro e Veneziano e desafia Bruno: “Ele não é doido”

A senadora Daniella Ribeiro (PSD) defendeu a gestão do governador João Azevêdo (PSB) das críticas feitas por seus adversários na disputa pelo Governo, Pedro Cunha Lima (PSDB) e Veneziano Vital (MDB) em relação aos investimentos em Campina Grande. Ela lembrou as irregularidades na gestão do emedebista e suas sucessivas derrotas na cidade.

“Na gestão dele (Veneziano) os restaurantes populares foram fechados por irregularidades, com uso de empresas de fachada. Para se ter ideia um Pet Shop estava entre as empresas licitadas para fornecer ao restaurante popular. Todos os secretários da gestão dele tiveram as contas reprovadas. Ele deixou Campina Grande debaixo de lixo”, disse a senadora em entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan.

Daniella avaliou que os moradores da cidade não esqueceram os problemas da gestão de Veneziano. “Tanto é que ele perdeu as duas eleições que disputou a Prefeitura, uma ele mesmo e a outra a esposa. Ele tem uma retórica bonita, fala difícil, para talvez enganar, mas não engana Campina Grande. Campina Grande não votou nele, que ficou em terceiro lugar em Campina para o Senado Federal”, acrescentou.

Em relação a Pedro Cunha Lima, Daniella afirmou que ele não conhece a cidade e não poderia “falar nada” sobre a gestão de João em Campina Grande. “Pedro precisa de GPS para andar em Campina”, alfinetou.

Prints para desmentir Bruno Cunha Lima 

Alvo de críticas do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, que no palanque do candidato ao Senado, Efraim Filho, afirmou que os três atuais senadores paraibanos nada fizeram pela cidade, Daniella apresentou prints de conversas onde o gestor campinense agradece o envio de recursos federais para a cidade.

“Eu me pergunto se ele estava com amnésia ou com algum problema. Tomei um susto. Bruno não é doido. Ele não é louco, não rasga dinheiro, não joga pedra na lua. Bruno sabe muito bem o que eu coloquei para Campina Grande. Tanto é assim que eu tenho as mensagens que ele mandou para mim agradecendo”, rebateu Daniella.

A senadora detalhou o trabalho desempenhado para envio do dinheiro para o município, as tentativas de contato com Bruno e em algumas vezes a falta de resposta. Em mensagens respondidas, Bruno agradece a senadora pelos recursos e chega a afirmar que o custeio chegou em “boa hora”.

(Visited 1 times, 1 visits today)