5 de outubro de 2022

Tebet minimiza falta de apoio do MDB: “Estavam com Lula no Mensalão, Petrolão”

A senadora Simone Tebet, candidata à Presidência da República pelo MDB, minimizou na tarde desta terça-feira (13) a ausência de lideranças de seu partido, a exemplo de Veneziano Vital do Rêgo, durante agenda da parlamentar em Campina Grande.

Tebet disse que a falta de apoio por parte da legenda não afeta sua campanha. “Eles nunca estiveram comigo, sempre estiveram com o ex-presidente Lula. Estiveram em seus ministérios, estiveram no Mensalão, no Petrolão. Eu estou em outro MDB, o MDB que quer ressurgir. Mas, respeito o partido, respeito a individualidade de cada um, tenho maior respeito pelo MDB da Paraíba que não está conosco”, disse em entrevista ao jornalista Márcio Rangel.

Acompanhada do deputado Pedro Cunha Lima, candidato ao governo pelo PSDB, Simone Tebet defendeu destinação de mais recursos para aprimorar o desenvolvimento do Nordeste.

“Existem grandes potencialidades no Nordeste. O que falta é a vontade política. O Governo Federal investir onde mais precisa, colocar mais dinheiro no Nordeste para que o Nordeste possa gerar mais riqueza para o seu povo”, afirmou.

Candidata à Presidência da República pelo MDB, Simone Tebet, esteve em Campina Grande acompanhada do deputado Pedro Cunha Lima

A senadora garantiu que em um eventual governo não haverá bloqueio de verbas, como aconteceu durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL). “Não pode haver contingenciamento. Nenhum dinheiro vai ser contingenciado”, frisou.

“Nós vamos fazer parceria com as universidades, é assim que vamos gerar emprego para população, com contingenciamento zero. O dinheiro aprovado no orçamento, fica no orçamento. Vamos trazer para o Nordeste essa riqueza. Temos que parar com essa mania de dizer que o Nordeste brasileiro tem só o turismo. Tem muito a oferecer para o país”, destacou.

(Visited 4 times, 1 visits today)