31 de janeiro de 2023

Wallber reage à ação de advogados no STF: “Ser oposição a Lula virou crime”

O deputado estadual reeleito, Walber Virgulino (PL), se defendeu nesta quinta-feira (12), após as informações de que teria ajudado a financiar os atos antidemocráticos no último dia 8, em Brasília, contra as sedes do Três Poderes. Por meio de uma rede social, o parlamentar disse que “ser oposição no Brasil de Lula agora passou a ser tipificado como crime”.

Walber também afirmou que tem a missão de “combater a facção política mais perigosa do mundo” e que tem receio dos momentos “estranhos, perigosos e incertos” pelos quais passa o país.

O deputado paraibano foi apontado por matérias jornalísticas nacionais como um dos influenciadores dos atos pró-golpe realizados por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que não aceitam o resultado das eleições de 2022.

Confira a postagem

(Visited 82 times, 1 visits today)