Ex-governador Ricardo Coutinho comemora aprovação de contas pela ALPB e agradece deputados: “injustiça foi desfeita”

O agradecimento veio em mensagem postada nesta quinta-feira (26) em seu perfil no Twitter.

 

Em suas redes sociais, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PT) agradeceu os 31 parlamentares que aprovaram as contas do período em que foi gestor de 2016 a 2018. A votação na Assembleia Legislativa do Estado contou com apenas 5 votos contrários.

O agradecimento veio em mensagem postada nesta quinta-feira (26) em seu perfil no Twitter. “Por 31 a 5 votos, a Assembleia Legislativa rejeitou os trôpegos e medrosos pareceres do TCE-PB e aprovou as contas de governo de 2016, 2017 e 2018. Uma grande injustiça foi desfeita. Expresso minha gratidão aos 31 deputados. Na verdade, uma derrota do Law Fare que ainda paira na Paraíba”, comemorou.

A Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa já havia votado pela aprovação do relatório do deputado estadual, Wilson Filho (Republicanos), sobre as contas do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), referente aos anos de 2016 e 2018 e do governador João Azevêdo (PSB), referentes aos anos de 2019, 2020 e 2021.

Antes das contas chegarem à AL, elas passaram por uma análise no Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) que emitiu um parecer sobre cada exercício financeiro, podendo o mesmo ser seguido ou não pela AL. Apenas as contas de 2021 foram aprovadas pelo TCE.

Um dos motivos de reprovação das contas pelo TCE foi a existência dos codificados nos governos de Ricardo Coutinho (2016 a 2018) e João Azevêdo (2019 e 2020). Outro ponto diz respeito a aplicação dos índices constitucionais na área da Saúde.

Lira diz ao STF que tramitação de MPs é assunto interno do Congresso

Atletismo: World Athletics limita mulheres trans em provas femininas

Corrida das Águas realiza entrega de kits nesta sexta e sábado

Rodada dupla no próximo domingo vai definir finalistas do Campeonato Paraibano

“Bolsonaro vai retornar e já se reunirá com os políticos para preparar as próximas disputas eleitorais”, revela Nilvan Ferreira

São João de Patos terá Xand, Alok, Safadão, Luan Santana e Jorge e Mateus