Lula busca criar programa agrícola para indígenas e facilitar legalização de terras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) realizou nesta segunda-feira (13) uma reunião com lideranças indígenas na Terra Raposa Serra do Sol, localizado em Normandia, no estado de Roraima. Após escândalo envolvendo os Yanomamis, o petista firmou compromisso com os povos originários, em especial no setor trabalhista.

Em discurso, Lula relembrou um histórico da civilização brasileira, destacando a miscigenação entre europeus, africanos e indígenas. Mas questionou a falta de investimentos no último grupo, principalmente na parte voltada a agricultura, a qual poderia ter evitado a crise humanitária dos povos Yanomamis.

“Quando regressar a Brasília, eu vou reunir a Sônia, os companheiros ministros ligados à área da produção, para que a gente possa definitivamente colocar vocês dentro de um programa de financiamento da produção agrícola, para que vocês possam melhorar e aumentar a capacidade das coisas que vocês produzem”, disse Lula.

Logo em seguida, o petista reforçou a necessidade das terras que estão prontas para serem demarcadas serem, de fato, legalizadas para os povos originários. Ele pediu urgência nesse pedido, para evitar que elas sejam apropriadas por outros pessoas. Essas terras demarcadas seriam para a exploração agrícola indígena e também útil para preservação do meio ambiente.

“Para que possa aumentar sua capacidade de produção e para que possa ajudar a gente a cuidar daquilo que passa a ser um bem precioso para nós, que é a necessidade da gente cuidar do clima, porque senão cuidarmos, a humanidade vai desaparecer por irresponsabilidade. E a gente quer mostrar que esse mundo pode se produzir alimento sem precisar derrubar mais uma árvore da Amazônia”, concluiu.

Lira diz ao STF que tramitação de MPs é assunto interno do Congresso

Atletismo: World Athletics limita mulheres trans em provas femininas

Corrida das Águas realiza entrega de kits nesta sexta e sábado

Rodada dupla no próximo domingo vai definir finalistas do Campeonato Paraibano

“Bolsonaro vai retornar e já se reunirá com os políticos para preparar as próximas disputas eleitorais”, revela Nilvan Ferreira

São João de Patos terá Xand, Alok, Safadão, Luan Santana e Jorge e Mateus