Neste sábado: Equipes da Saúde percorrerão comunidades e feiras livres ofertando vacinas contra Influenza e Covid-19

A Prefeitura de João Pessoa vai promover, neste sábado (6), uma manhã de imunização itinerante durante o Dia D de Multivacinação. Duas vans com equipes de saúde percorrerão comunidades e mercados públicos da Capital, das 8h às 12h, vacinando as pessoas que estiverem nos locais. A ação vai disponibilizar à população os imunizantes da Influenza e Covid-19, incluindo a vacina bivalente.

De acordo com a diretora de Atenção à Saúde de João Pessoa, Alline Grisi, o objetivo da ação é atingir um quantitativo maior de pessoas vacinadas no município. “É muito importante que as pessoas estejam devidamente imunizadas contra essas doenças. Por isso, teremos uma van passando pelas comunidades e outra para as feiras livres, cada uma com uma equipe de saúde da família fazendo a busca por pessoas que ainda precisam tomar alguma vacina dessas”, explicou.

Serão visitados os Residenciais Vista do Verde I e II (Bairro das Indústrias), Vista Alegre (Gramame) e Colinas de Gramame VI e VII (Gramame), além do Mercado Central e as feiras do Grotão e Oitizeiro. Serão vacinadas as pessoas que estiverem presentes no momento em que a van passar pelo local.

Dia de Multivacinação – Além das vans itinerantes, o Dia D de Multivacinação, em João Pessoa, contará com 14 horas de imunização, das 8h às 22h, em diversos serviços da rede municipal de saúde. Os serviços estarão disponíveis à população da seguinte forma: Unidades de Saúde da Família (USFs) das 8h às 12h; Policlínicas Municipais, das 8h às 12h, e o ponto fixo localizado no Mangabeira Shopping, criado estrategicamente para garantir a assistência, estará funcionado com os acessos para pedestres e drive-thru no período das 13h às 22h. Haverá também uma equipe no Santuário Mãe Rainha, no bairro Aeroclube, promovendo vacinação das 13h às 21h.

O Centro Municipal de Imunização, localizado no bairro da Torre, irá funcionar no período das 8h às 12h, exclusivamente para vacinação antirrábica humana e a vacina dT (difteria e tétano) para pessoas que tiveram alguma exposição para doença.

Apresentação de documentação – No momento da vacinação, é necessário apresentar um documento oficial, cartão do SUS e cartão de vacina que comprove outras doses dos imunizantes que previnem contra Covid-19. No caso de pessoas imunocomprometidas, com deficiência e com comorbidades, há a necessidade de apresentação da cópia do laudo ou declaração médica que ficará retida no local.

Já os trabalhadores de saúde precisam apresentar cópia de documento que comprove vínculo ativo como trabalhador de saúde, que também deve ficar retida no local. São eles: carteira do conselho profissional ou contracheque. No caso de estudantes que estagiam em serviço de saúde, devem apresentar declaração da instituição de ensino e do serviço onde atuam.

secomjp

CMJP discute conscientização sobre a doença de Parkinson em sessão especial

Hospital Metropolitano realiza 3º transplante cardíaco 100% SUS de 2023

Justiça proíbe competições envolvendo bodes na festa do Bode Rei em Cabaceiras; multa por descumprimento é de até R$ 1 milhão

PTB da Paraíba é condenado a pagar mais de R$ 311 mil por uso irregular do Fundo Partidário em 2017

Grupo do RN é preso em João Pessoa suspeito de série de roubos de motos

Prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo comemora nome de Ricardo Barbosa como pré-candidato da oposição: ‘Não chega a mil votos’