CALDAS BRANDÃO – Vereadora critica oportunismo do deputado Felipe Leitão na construção de ginásio

Daniella Martins diz que obra foi reivindicação de alunos no ODE e deputado alega que foi fruto de emenda parlamentar na ALPB

A população da cidade de Caldas Brandão, distante 76,9 km de João Pessoa, não gostou nada das declarações do deputado estadual Felipe Leitão (Democratas), trazendo para si todos os méritos da construção de um ginásio poliesportivo na cidade, quando, na verdade, a comunidade local afirma que a obra só foi executada graças às plenárias do Orçamento Democrático Estadual, nos anos de 2018 e 2019.

O assunto ganhou as redes sociais, levando a vereadora Daniella Martins (Cidadania) a contestar o deputado, lamentando a postura de Felipe Leitão e fazendo ver que a obra orçada em R$ 445 mil foi fruto exclusivo de uma demanda de alunos da rede estadual. O deputado retruca afirmando que a obra só será realizada por causa da liberação de uma emenda de sua autoria apresentada ao governador João Azevêdo. Para o deputado, o ginásio só saiu do papel graças à sua participação.

Isso tem irritado não apenas a população, mas, principalmente a vereadora Daniella Martns que fez questão de responder publicamente ao deputado Felipe Leitão. “Amigo deputado Felipe Leitão, quero lhe informar que esse Pleito do Ginásio ocorreu no Orçamento Democrático no ano de 2018 e 2019, pelos próprios alunos e pessoas da nossa comunidade na qual se tem inclusive documentos que comprovam… a sua emenda para o convênio do ginásio junto ao Governo do Estado para o nosso município é justo, afinal o Sr. foi eleito com votos do nosso povo, então estava na hora de fazer algo”, pontuou.

Presidente do Diretório Municipal do Cidadania, mesmo partido do governador João Azevêdo, na cidade de Caldas Brandão, Daniella é pré-candidata a prefeita nas próximas eleições. Ela ainda lamenta o episódio e o classificou como desnecessário, uma vez que quem ganhou, afinal de contas, foi a comunidade, além do que deve-se, segundo ela, enaltecer o trabalho realizado pelos conselheiros do ODE, que têm cumprido com um importante papel de interlocução entre as demandas sociais do município e o governo estadual, que tem levado obras e serviços para a cidade, beneficiando a toda população.

“Se trata de uma discussão secundária e desnecessária. A obra pertence ao povo. Todos somos governo e devemos trabalhar para bem representar os interesses da nossa população apresentando as demandas tão urgentes e necessárias para o desenvolvimento de Caldas Brandão. Nossos conselheiros realizam um trabalho valoroso, nossa comunidade é atuante e levou a construção do ginásio para a plenária do ODE, que aprovou prontamente, e o deputado nada mais é do que empregado do povo, foi votado em nossa cidade e não fará mais do que a sua obrigação em trabalhar e trazer recursos para os seus eleitores, que exerceram sua cidadania ao irem às urnas escolher os seus representantes, só não precisava desmerecer todos os outros atores envolvidos nessa luta diária que travamos pelo bem da nossa terra”, destacou Daniella.

Insistência – Felipe Leitão ainda não se convenceu que a obra para a cidade de Caldas Brandão é mérito da população local. “Entendo que essa obra foi solicitada pelo Orçamento Democrático por vários anos seguidos, e assim como nos outros anos ela não iria se realizar… Essa obra só virou realidade graças a nossa emenda parlamentar! Cada deputado tem direito a uma quantidade de emendas anual, nas minhas emendas eu priorizei o município de Caldas Brandão, o contemplando com a construção do ginásio. Como você mesmo falou: fiz por gratidão, afinal de contas obtive uma grande votação no município”, escreveu o deputado assim que viu o post da vereadora no Instagram.

Da Redação

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *