FUNCIONÁRIOS FANTASMAS – Pleno do TJPB recebe denúncia contra Berg Lima e afasta gestor da Prefeitura de Bayeux

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba, em sessão remota por videoconferência nesta quarta-feira, 20, decidiu afastar Berg Lima, prefeito constitucional de Bayeux de suas funções do cargo que ocupa. Os desembargadores receberam também a denúncia apresentada pelo Ministério Público contra o gestor, que o acusa de vários crimes cometidos no exercício da função pública eletiva e outras 20 pessoas, supostamente beneficiadas com dinheiro público, sem exercer o cargo de servidor público, no popularmente chamado de “funcionário fantasma”.

O Ministério Público em seu relatório optou pelo afastamento de Berg Lima do comando do município, por entender que ele não tem as qualificações suficientes para administrar mais a cidade, devido a uma grande ficha de denúncias de corrupção, apropriação indébita, improbidade administrativa, dentre outros. Por outro lado, não viu motivos suficientes para a decretação da prisão preventiva do prefeito, mesmo sendo proposta por alguns desembargadores.

Os desembargadores reconheceram que o prefeito Berg Lima “inchou” a Prefeitura Municipal de Bayeux com vários “funcionários fantasmas”, conforme acusação do Ministério Público.

Com o afastanento do prefeito Berg Lima, quem assumirá o comando da Prefeitura Municipal de Bayeux será o vereador Jefferson Kita, presidente da Câmara Municipal.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *